terça-feira, 7 de abril de 2009

DIRECTOR DO LICEU NACIONAL KWAME N'KRUMAH


"JOSÉ JÚLIO CÉSAR DELGADO"
PREÂMBULO

O nosso estabelecimento escolar, constitui no âmbito educativo Nacional um dos alicerces basilares na formação do Homem moderno e teve de facto reais influências no processo de desenvolvimento socio-cultural e de afirmação desta Pátria, pois, foi o primeiro e único liceu existente no período colonial.
Então denominado Liceu Honório Barreto em homenagem a um dos filhos de Cacheu que fora Governador da ex-Província da Guiné Portuguesa, fundado em 1957.

Liceu Nacional Kwame N’Krumah nos primórdios da Independência, concretamente em 1975, homenageando o primeiro Presidente do Gana e grande lutador pela emancipação de todo o continente Africano e mentor das ideias Pan-Africanistas.
Após a Independência, com a massificação do ensino, surgiram vários liceus nas regiões do país, mas estes limitavam os seus currículos até a 9ª classe ex 5º ano dos liceus.
O Liceu Nacional era e continua a ser o único ao nível de Bissau com capacidade para ministrar o curso complementar, pois era dotado de uma organização instituícional eficiente, uma estrutura qualitativamente permanente com mecanismos de distinção de carácter pedagógico como os laboratórios de física , química, biologia e de mineralogia, um corpo docente de reconhecida competência desde os professores nacionais movidos pelo fervor e orgulho da Indepêndencia, professores cubanos, soviéticos, alemães, cooperantes portugueses que asseguravam o ensino do português praticamente em todas as turmas , professores de francês vindos da sub-região, isto era uma garantia de um ensino de grande nível e qualidade. Sem deixar de mencionar os três turnos do seu funcionamento e o início das aulas em Outubro, apesar da sua dimensão.
No ano lectivo de 1984-1985 o Liceu Nacional foi dividido em três Liceus: Liceu Regional 1, Liceu Regional 2 hoje Dr. Agostinho Neto e Samora Moisés Machel respectivamente e na Unidade escolar 23 de Janeiro.
O Liceu Nacional, apesar de vários condicionalismos conseguiu manter os padrões, com resultados positivos e índices de qualidade exigíveis no processo de ensino- aprendizagem. A prova dos factos, são inúmeros alunos que tiveram oportunidade de realizarem os seus estudos neste estabelecimento escolar, hoje são distintos quadros, governantes e políticos notáveis cada qual contribuíndo nas várias esferas da vida socio-cultural do país.
Hoje vários constrangimentos conjunturais de ordem económica Mundial, greves consecutivas, professores desmotivados, conflitos político–militares pemanentes, início tardio das aulas, a introdução de 4 turnos, desinvestimento do Estado no sistema educativo e vários outros indicadores, tiveram os seus reflexos na degradação do nosso nível de ensino contribuíndo assim para uma fraca qualidade de ensino.

1 comentário:

  1. sou eu amade4u baldé,gostaria que o senhor me informar sobre a avaliação das notas do estudante é feito pelo diploma ou em notas ciparadas por que tenho uma filha que quero mandar estudar em brisil me pediram uma das notas desde inicio até a sua conclução. por favor me responda ,mail seko- nascimento@hotmail.com telefon.00351 967301739

    ResponderEliminar